Categoria:

800 crianças participam de atividades de educação no trânsito de Belo Horizonte

Projeto Itinerante Galera do DNIT foi realizado em escolas próximas ao Anel Rodoviário, uma das vias mais movimentadas da capital mineira

Com o objetivo de educar crianças para promoverem um trânsito mais seguro como pedestres, ciclistas e passageiros, foi realizado em Belo Horizonte, nos dias 04 e 05, o Projeto Itinerante ‘Galera do DNIT’. Três escolas localizadas próximas ao Anel Rodoviário da capital mineira receberam as ações educativas: Estadual Eliseu Laborne e Vale, no Bairro Jardim Montanhês, Municipal Professor João Camilo de Oliveira Torres, no Bairro Califórnia, e Estadual Assis das Chagas, no Bairro Dom Cabral.

Cerca de 800 crianças do ensino fundamental participaram das atividades e aprenderam sobre a importância da gentileza no trânsito, noções de sinalização e de comportamento seguro. “Os temas foram abordados de forma lúdica em uma palestra interativa sobre trânsito. Depois os alunos participaram de jogos de fixação do conhecimento”, explicou a pedagoga do DNIT, Kenya Estrela.

Na área externa de cada uma das instituições, foi instalada uma verdadeira Escola de Trânsito, na qual as crianças percorreram todo o caminho como pedestres e depois, como ciclistas, enquanto aprendiam, na prática, as principais formas de sinalização. Também fez parte das brincadeiras um jogo de tabuleiro gigante, que trouxe diversas situações de segurança e risco no trânsito.

Ao final, os alunos receberam um kit didático do projeto, contendo atividades educativas e um “talonário mirim”, que lhes permite aplicar multas simbólicas aos pais e familiares que cometerem infrações no trânsito. Para a biblioteca das escolas, foram doados 10 exemplares do ‘Código de Trânsito para Crianças’ e da ‘Coleção Viva o Trânsito’, do Denatran, que podem ser utilizados como material paradidático em atividades futuras.

Na avaliação da professora da Escola Estadual Eliseu Laborne e Vale, Sophia Dauane, o Projeto fez com que as crianças não só aprendessem, mas também, vivenciassem situações cotidianas. “Muitas vezes, os pais não têm a oportunidade de saírem com os filhos para orientá-los; por isso o projeto foi uma ótima experiência. Além disso, vamos utilizar os livros doados em atividades interdisciplinares”, afirmou a professora, que ainda acrescentou: “Espero que esse trabalho possa ser realizado em outras escolas”.

Projeto será levado a todos os estados

O Projeto Itinerante Galera do DNIT é realizado em escolas públicas localizadas até um quilômetro de distância das rodovias federais, onde há um movimento grande de veículos e comunidades ao redor. De acordo com a Analista em Infraestrutura do DNIT, Nayara Sampaio, as atividades são realizadas com crianças entre 6 e 12 anos, faixa etária em que passam a andar sem a companhia dos pais. “Sabemos do impacto que as rodovias trazem para as comunidades ao redor, por isso escolhemos as escolas. Por meio delas, atingimos as crianças e seus familiares”, ressaltou Nayara.

O Projeto, que já foi realizado em Brasília e Santa Catarina, será levado para outros estados. Segundo Nayara, a ideia é que cada Superintendência  Regional do DNIT dê continuidade às atividades nas escolas lindeiras às rodovias federais. O próximo estado a receber a ação será Mato Grosso.  

Em Minas Gerais, a Superintendência dará continuidade ao Projeto em Belo Horizonte e, posteriormente, planeja leva-lo para outras cidades. “Já estamos nos organizando para criarmos uma Comissão voltada para a realização de ações educativas no trânsito”, revelou Flávia Matos, Técnica em Infraestrutura do DNIT.

Para o Superintendente do DNIT em Minas Gerais, Fabiano Cunha, Projetos como esse reforçam o compromisso do órgão em garantir maior segurança a todos os usuários das rodovias. “Precisamos educar as crianças desde cedo, para que elas evitem os riscos e aprendam sobre as condutas no trânsito”.

Fonte: ASCOM/DNIT-NCS/MG